Pesquisar Matérias


Cachorro idoso passeia e se exercita todos os dias com seu dono que demonstra muito amor e empatia (Vídeo)

Saúde Animal


Compartilhar a vida com um animal de estimação é um ato de amor indiscutível.

Mas carrega consigo muitas responsabilidades em termos de cuidado, alimentação e bem-estar total do animal.

Embora existam muitas pessoas sem coração que os tratam indevidamente, também existem outras com grandes corações.


Esta é a história de um chileno chamado Abraham e de seu cachorro Gabriel, da terceira idade.

Uma história de amor e empatia, que nos mostra que a idade de um animal de estimação não é uma justificativa para abandoná-lo.

Abraham sabe que a passagem do tempo é inclemente, que seu amado Gabriel já é um cão velho.

Ele se tornou mais calmo e sedentário, então, todas as manhãs, ele o leva para dar uma volta fora para se exercitar e se manter forte.


“Gabriel diminuiu o ritmo ao longo dos anos. Embora ele não seja o mesmo de antes, eu nunca o deixaria sozinho”, garantiu Abraham.


Em vez de tornar sua vida muito mais fácil simplesmente se livrando de Gabriel, como alguns costumam fazer, Abraham optou por continuar a cuidar dele, embora seus ossos tenham enfraquecido e mal suportem o peso de seu corpo.

De acordo com as imagens captadas por Elita Ayleen, vizinha de Abraham, o homem está absolutamente comprometido em cuidar de seu cachorro.

Embora Gabriel tenha dificuldade para andar, ele o leva para uma praça todos os dias para se alongar e se mover. Ele se move lentamente, mas totalmente seguro com o amparo de seu melhor amigo.

"Este é meu vizinho, digno de admiração. Todos os dias ele leva seu velho amigo para fazer seus exercícios e necessidades. Um exemplo para quem quer deixar de cuidar dos idosos”, escreveu Ayleen em sua publicação que rapidamente se tornou viral e movimentou usuários em todo o planeta.

Devemos deixar bem claro que, como no caso dos humanos, a velhice é mais uma etapa da vida do cão, não uma doença.

Levá-lo para passear, cuidar de sua alimentação, dar-lhe o carinho que ele precisa e aumentar os check-ups veterinários é fundamental para conviver com ele.

Esta convivência com um animal de estimação mais velho pode proporcionar-nos experiências enriquecedoras e agradáveis, embora devamos ter presente que nem todas as raças de cães envelhecem com a mesma idade.


Um cão sênior saudável precisa de no mínimo trinta minutos de atividade física diariamente para se manter e envelhecer de maneira saudável.

Como vimos nesta história, caminhadas são uma boa maneira de fazer isso. No entanto, o amor continua sendo a chave para sua longevidade e saúde.



Compartilhe esta história com seus entes queridos. Bravo a este homem de bom coração! Mais pessoas como Abraham!








*

Amor incondicional de ambas as partes, é assim que deve ser com certeza.

_MárciaSchmian_






*

Adaptação de Texto: Vida que Importa




Fonte: https://www.zoorprendente.com/